logo uniguitar.png

Aqui podes ler mais informação sobre os nossos Termos&Condições e Política de Privacidade. 

Porque não consigo melhorar as minhas capacidades técnicas ao tocar guitarra?

Autor: Bruno Ferreira

Esta é provavelmente uma das questões mais frequentes para todos os instrumentistas - é bastante comum encontrar obstáculos durante o nosso desenvolvimento, mesmo quando já utilizamos um plano de estudo ou um programa específico.

Parece difícil notar melhorias, a motivação deita-se aos nossos pés e estudar guitarra torna-se aborrecido... Reconheces isto? Não estás sozinho.

Partilharei contigo 3 dicas para superar esse problema:

1. Cria 3 programas técnicos diferentes em diferentes tipos de abordagem: técnica básica (é sempre boa ideia redefinir a nossa técnica se já tivermos uma rotina), técnica de manutenção (aquelas escalas e arpejos, entre outros, que nos ajudam a manter as nossas habilidades em forma) e técnica de desenvolvimento (as habilidades que ainda não controlamos tão bem, por exemplo extensões, mudanças de posição, etc.). Se precisares de ajuda neste capítulo, dá uma vista de olhos nos nossos vídeos ou entra em contacto connosco para obter ajuda.

 

2. Se ainda não tens um programa de repertório definido e estás sempre a aprender peças de novo, essa pode ser a razão de não sentires melhorias na tua musicalidade.

Se tocas o mesmo programa por uns tempos e não observas melhorias mesmo após procurar ajuda, muda o teu programa. Se tocas obras demasiado difíceis por muito tempo e não consegues avançar, às vezes é boa ideia deixar essas obras de lado, tocar algo diferente, e mais tarde voltar a estudar as obras que outrora eram difíceis. Experimenta um programa mais fácil, algo que gostarias de aprender mas que não o fazes por achares que é "demasiado acessível". Recorda, não é necessário tocar peças tecnicamente difíceis para desenvolver as nossas capacidades musicais. Peças fáceis são bastante importantes para melhorar a nossa musicalidade e as nossas qualidades artísticas.

3. Toca com outros guitarristas. Reúne alguns amigos, escolhe umas músicas, aprende uns acordes e improvisa. Despendemos muito tempo a praticar meticulosamente o nosso programa, utilizando os nossos músculos da mesma forma todos os dias e isso não é bom. Temos que dar liberdade aos nossos músculos para que as mãos e dedos possam aprender outras possibilidades, livres de responsabilidade. Improvisar é uma ferramenta muito boa para "dar" liberdade aos nossos dedos do estudo intensivo e também aumenta a nossa criatividade. Sabes que mais? Continuas a tocar guitarra e ainda te divertes!

Gostarias de ver mais artigos como este?

Segue-nos nas redes sociais e mantém-te actualizado.

favicon2.png